De acordo com a SIC Notícias, a estimativa é do bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas e aponta ainda para o agravamento mais pronunciado em zonas rurais.

Há várias situações de sobre-avaliação de imóveis, segundo o  canal de informação da SIC.

Por acordo com a troika (FMI; CE e BCE) vão ser avaliados mais de 5 milhões de habitações até dezembro, com o objetivo de aumentar as receitas do IMI.
No entanto a subida não deve ser muito sentida nos próximos dois anos já que está em vigor uma cláusula – que apenas expira em 2015 - que impede subidas abruptas.
Fonte: Dinheiro Digital