Cada consumidor português tem, em média, cerca de dois cartões (débito e crédito). Apesar de ser uma forma de pagamento muito cómoda, se não tiver o devido cuidado, pode também ser muito perigosa. Assim, existem algumas regras que ajudam a proteger os utilizadores de cartão de crédito ou débito.





1- Mantenha o cartão em segurança. Assim que recebe o cartão, assine-o de imediato. Desta forma, está a garantir que é o titular legítimo do cartão. Além disso, deve guardá-lo num local seguro. Quando o cartão atingir o limite da validade, lembre-se de destruí-lo ou entregá-lo directamente ao banco.

2- Guarde os códigos num local seguro. Os códigos dos seus cartões são sagrados, por isso, quando receber a carta com o PIN secreto, memorize-o. Se optar por anotar o código pessoal, evite fazê-lo no telemóvel, ou guardá-lo perto do cartão.

3- Escolha bem o código secreto. O melhor será ficar com o PIN original fornecido pelo banco. Porém, se optar por outros algarismos, evite escolher números óbvios. É o caso, por exemplo, da sua data de nascimento. Alguém que esteja atento aos seus movimentos pode facilmente descobrir o seu código secreto.

4- Nunca perca o cartão de vista. Sempre que efectuar compras, mantenha os olhos no seu cartão para prevenir a clonagem. Confirme sempre o valor marcado corresponde ao valor da compra. Se lhe pedirem para repetir a operação, certifique-se que a anterior foi cancelada, caso contrário, poderá estar a pagar o dobro da compra.

5- Não ceda dados do cartão nem dados pessoais. Se lhe ligarem a pedir dados do cartão ou pessoais, mesmo que lhe digam que é do banco, desconfie. Por norma, os bancos têm as suas informações e não o contactam para estas questões. O mesmo se passa em relação aos emails.

6- Atenção aos pagamentos efectuados na internet. Antes de efectuar uma compra na internet, certifique-se de que o site é seguro. Como? É simples. Estas páginas têm um símbolo de um cadeado e o URL tem a seguinte indicação HTTPS://, em vez de http://. Contudo, não há forma de garantir segurança absoluta.

7- Em caso de perda ou roubo, reporte imediatamente. Assim que der pela falta do cartão, avise imediatamente o seu banco. Saiba o número de conta e o nome do portador do cartão. A partir do momento em que reporta o sucedido, deixa de ter responsabilidades sobre os movimentos do cartão. É igualmente importante avisar as autoridades do sucedido.

8- Esteja atento nas caixas multibanco. Evite deixar os talões das operações junto do local e certifique-se de que não está ninguém a vê-lo marcar o código secreto. Se notar algum movimento estranho perto da caixa multibanco, ou se lhe for pedida informação diferente do habitual, cancele a operação e informe o banco.

Fonte: Diário Económico