O índice de Preços no Consumidor atingiu 4,1% em Abril em Portugal, face ao mesmo mês do ano anterior, anunciou o INE.

"Em Abril de 2011, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) registou uma variação homóloga de 4,1%, ligeiramente superior à verificada em Março (4,0%)", afirma o instituto de estatísticas.





"À semelhança do mês anterior, entre as contribuições positivas para a taxa de variação homóloga do IPC, destacam-se as registadas nas classes dos transportes, da habitação, água, electricidade, gás e outros combustíveis e dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas", diz o INE.

Excluindo a energia e os bens alimentares não transformados, a taxa de variação homóloga foi 2,6%, 0,2 pontos percentuais acima da observada em Março.

Em termos mensais, o IPC apresentou uma variação de 0,4%, contra 1,6% em Março deste ano e 0,4% em Abril de 2010.

Já a variação média dos últimos doze meses situou-se em 2,5%, quando em Março se tinha situado nos 2,3%.

O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou uma taxa de variação homóloga de 4%, 0,1 pontos percentuais acima do valor de Março e 1,2 pontos percentuais acima do valor estimado pelo Eurostat para a zona euro.

"A taxa de variação mensal do IHPC situou-se em 0,6% e a taxa de variação média dos últimos doze meses aumentou 0,3 pontos percentuais para 2,5%", afirma o INE.

Fonte: Económico