O Banco de Portugal vai entregar ao Estado um montante total de 158 milhões de euros em dividendos, relativos ao exercício de 2010.





Contas feitas, este montante representa uma quebra de 24% face aos 203 milhões entregues no ano passado. Ainda assim, é importante ressalvar que o bolo total de dividendos que o Banco de Portugal se propõe a pagar tem um peso importante no total de lucros gerados pela instituição.

Recorde-se que no ano passado, o Banco de Portugal obteve lucros de 198 milhões de euros, pelo que o valor total dos dividendos a serem distribuídos representam mais de 77% dos lucros gerados.

Estes dados estão inscritos no relatório e contas anual do Banco de Portugal, que foi publicado em Diário da República na sexta-feira e disponibilizado hoje no site do regulador. Nesse mesmo documento é possível verificar que os lucros da instituição registaram uma quebra de 22%, face aos 254 milhões de euros registados em 2009.

Fonte: Económico