Dos únicos quatro ‘shoppings’ que abrem este ano, dois ficaram concluídos esta semana. Um inaugurou na segunda-feira, outro abre portas amanhã.
A abertura de novos espaços comerciais já começou a reduzir drasticamente. Em 2009 abriram 13 novos empreendimentos, mas no ano passado só se inauguraram três, o número mais baixo dos últimos 20 anos em Portugal. Uma realidade transversal ao mercado europeu, onde no último ano se estrearam 5,2 milhões de metros quadrados (m2) de ‘shoppings', menos 30% que em 2009 e o menor número de novos desenvolvimentos desde 1983, revela um estudo da Cushman & Wakefield (C&W).


Para este ano, na Europa, há expectativas de uma ligeira recuperação (ver tabelas), mas em Portugal o panorama continua a ser de retracção. Está prevista a abertura de quatro espaços comerciais, sendo um deles um ‘retail park' que está incluído num complexo comercial a inaugurar em 2013.

Dos quatro, dois ficaram prontos já esta semana. Um deles é o Fórum Sintra, um investimento de 170 milhões de euros da holandesa Multi Development que inaugurou esta segunda-feira, dia 11, e que vai criar 3.300 postos de trabalho directos e indirectos. O outro, o Aqua Portimão, abre ao público amanhã e representa um investimento de 106 milhões de euros por parte da promotora francesa Bouygues.

Em Julho abre mais um dos empreendimentos projectados para este ano: o Évora Retail Park, um projecto da Imorendimento e da britânica Madford Developments que faz parte do conjunto comercial Évora Shopping e que inclui ainda um centro comercial. E, por fim, no segundo semestre, em Outubro, inaugura o Dolce Vita Braga, um ‘shopping' da espanhola Chamartín que representa um investimento de 153 milhões de euros que vai criar 10.300 postos de trabalho directos e indirectos.

Projectos que surgem numa altura delicada para o País e para o consumo, mas nos quais os promotores acreditam, até porque não têm sentido dificuldade em encontrar lojistas. Por exemplo, o Fórum Sintra inaugurou todas as lojas ocupadas, o Aqua Portimão vai abrir com 95% comercializado, o Évora Retail Park está a mais de 50% e o Dolce Vita Braga já arrendou 65% das lojas.

"Apesar do actual contexto económico, a Multi Development continua a acreditar em novos projectos comerciais. A nossa convicção é que o Fórum Sintra se vai afirmar como um espaço comercial de excelência e também como um pólo de cultura local", disse o presidente da Multi em Portugal, Benno Van Veggel, ao Diário Económico, uma das poucas empresas de centros comerciais que continua a investir.



Projectos parados

Às poucas inaugurações previstas junta-se ainda o facto de existirem vários projectos suspensos em Portugal. Um deles é o Dolce Vita Faro, da Chamartín, que foi adiado sem nova data para voltar ao terreno. A falta de financiamento e a crise no imobiliário e no consumo são as principais razões apontadas para o adiamento de projectos. Mas, para a directora de ‘research' da C&W, Marta Esteves Costa, há outras explicações. "A maturidade do mercado de centros comerciais em Portugal é também outra das razões para este decréscimo na oferta futura, as oportunidades para o desenvolvimento de novos projectos são hoje menos evidentes que no passado, e este facto reduz consideravelmente as intenções de crescimento de promotores e retalhistas", comenta.

É por isso que hoje os promotores procuram fazer mais projectos em cidades secundárias ou no interior do País e que optam por espaços mais pequenos, às vezes com menos de 20 mil metros quadrados.



Fórum SintraPromotor: Multi Portugal
Arquitectura: ARX
Inauguração: 11 de Abril 2011
Investimento: 170 milhões de euros
Área: 55 mil m2 de área, distribuídos por três pisos.
Estacionamento: 2.500 lugares no subsolo e 130 à superfície.
Hipermercado: Pingo Doce (antigo Feira Nova)
Lojas: 182
Marcas: ´âncora' Worten, H&M, primark, Sportzone, C&A, New Yorker, Modalfa.
Cinemas: sete salas
Restaurantes: 20


Évora Retail ParkPromotor: Imorendimento e Madford Developments
Arquitectura: Broadway Malyan
Inauguração: Julho de 2011
Investimento: n.d
Área: 6.000 m2
Lojas: 4 Marca principal Moviflor
Projecto incluído no Évora Shopping
Área do Évora Shopping: 16.500 m2 distribuídos por dois pisos
Lojas: 60
Marcas principais ainda por anunciar
Inauguração: 2013


Aqua Portimão
Promotor: Bouygues
Arquitectura: Sua Kay
Inauguração: 13 de Abril 2011
Investimento: 106 milhões de euros
Área: 35.500 m2, distribuídos por três pisos
Estacionamento: 1.800 lugares em três pisos abaixo do solo.
Supermercado: Jumbo
Lojas: 117
Marcas: ‘âncora' Primark, H&M, Blanco, Bershka, A Loja do Gato Preto, Seaside, Pull &Bear, Centroxogo
Restaurantes: 20



Dolce Vita BragaPromotor: Chamartín
Arquitectura: Sua kay
Inauguração: Outubro 2011
Investimento: 153 milhões de euros
Área: 50 mil m2 distribuídos por cinco pisos, incluindo dois pisos subterrâneos de estacionamento, mais 20 mil m2 de ‘retail park'
Estacionamento: 2.750
Supermercado: Continente
Lojas: 165
Marcas: ‘âncora' Modalfa, Globe, Seaside, Calzedonia, Intimissimi, Sisley, Lanidor, Salsa, Vodafone, H3
Cinemas: 12 salas


Fonte: Economico