O Crédito Consolidado é uma das soluções apontadas por algumas empresas financeiras como a melhor maneira de libertar a pressão mensal, que você tem de diversos créditos. A maioria das empresas financeiras tem soluções para consolidar crédito dos seus clientes.

É a melhor alternativa (além de ser viável), quando se está muito endividado. Mas sabe como funciona?


O que é realmente Consolidar Crédito?
Consolidar vários créditos, implica juntar todos os créditos que tenha. Desde o crédito habitação, ao crédito pessoal até ao crédito automóvel ou leasing automóvel. Onde a empresa financeira junta tudo, em apenas uma prestação, sendo essa prestação paga à mesma empresa de crédito. Ao juntar as prestações dos créditos numa só, vai poupar bastante dinheiro.


Crédito consolidado = Crédito Pessoal + Crédito Habitação + Crédito Automóvel (ou Leasing Automóvel)




Quais as vantagens de recorrer à consolidação do crédito?
Existem inúmeras vantagens com essa consolidação. Mas as mais importantes para o cliente do crédito são:
  • A prestação mensal (com todos os créditos num só) torna-se menor;
  • Você fica com maior capacidade de pagar o crédito consolidado;
  • Você gere melhor os prazos de pagamento da prestação
  • No curto prazo, você fica com mais dinheiro disponível

Quais desvantagens de consolidar crédito?
Embora o crédito consolidado tenha várias vantagens, também existem pequenas desvantagens com esta solução financeira. Se já tiver dificuldades em pagar as dívidas, o banco ou a empresa de crédito, podem exigir um crédito consolidado com hipoteca (que envolve dar um bem como garantia de crédito, por ex. imóvel). E obter crédito consolidado sem hipoteca não é fácil, para obter esta solução o cliente tem que ter um historial de bom pagador.

Mas se num créditos a consolidar, estiver um crédito à habitação, você pode usar o imóvel hipotecado como garantia para o crédito consolidado. No entanto, é preciso ter em atenção que o montante total dos créditos a consolidar não pode ultrapassar o valor em que o imóvel foi avaliado ou o limite do crédito hipotecário que foi concedido.

Embora a prestação mensal baixe, os juros vão aumentar devido ao o prazo de pagamento ter sido aumentado. Ao negociar o crédito, questione sempre sobre os custos do processo e compare a TAE ou TAEG (no caso de ser crédito pessoal), porque estas taxas refletem o custo total do crédito (taxas de juro e custos associados ao crédito).

Antes de consolidar vários créditos faça bem as contas, porque ao realizar a consolidação, vai ter que pagar uma comissão por amortização antecipada desses créditos. Negoceie uma redução ou isenção no pagamento das comissões por amortização antecipada dos créditos.

Se está a pensar consolidar vários créditos, consulte antes vários bancos e também considere as empresas crédito, para mais tarde fazer a escolha certa.